Valor bruto da produção agropecuária deve alcançar recorde em 2020, diz CNA

17/02/2020
Publicado por: Thiago Agro Forte

Oferta maior no país vizinho mantém espaço menor para reação dos prêmios brasileiros

O Valor Bruto da Produção (VBP) agropecuária, que mede o faturamento bruto da atividade “dentro da porteira”, deve registrar recorde, subindo 9,9% este ano, de R$ 638,8 milhões em 2019 para R$ 702,2 bilhões. A estimativa, de janeiro, é da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

Para o ramo agrícola, é esperado um crescimento de 10,7%, um aumento de R$ 42,2 bilhões frente a 2019, de R$ 394 bilhões para R$ 436,2 bilhões. As culturas de café, milho e soja devem ser as principais responsáveis pelo crescimento do ramo.

A bienalidade positiva deve elevar em 30% a produção de café arábica e reduzir os preços que, em janeiro, ainda estão em níveis elevados, típicos da entressafra.

Para o milho, a receita prevista é de R$ 84,2 bilhões, aumento de 25,6% na comparação com 2019. “Apesar da estabilidade no volume de produção do milho, a elevação dos preços justifica a variação e o impacto do produto no VBP agrícola”, informa a CNA, em comunicado.

Segundo a entidade, a soja deve ter um VBP de R$ 169,6 bilhões, alta de 11,1%.

Para o ramo pecuário o VBP de 2020 deve ter um incremento de 8,7%, o equivalente a um montante de R$ 21,2 bilhões, de R$ 244,8 bilhões para R$ 266 bilhões.

“O ano de 2020 deve ser bastante positivo, particularmente para carnes bovina e suína com aumento de produção e, principalmente, de preços”, diz a CNA.

A carne bovina terá aumento de 20,7% no VBP neste ano, somando R$ 138,8 bilhões. O segmento de suínos também deve crescer e ter elevação de 29,2%, ficando em R$ 24 bilhões.

Tags:
Fonte: Estadão Conteúdo